Los Roques: Praia de Franciski

Como adiantamos no post anterior, depois de 9 horas de voo com a gol, na classe econômica imaginam?! Ir na classe econômica só valeu a pena porque compramos as passagem numa promoção de milhas, foram 6 mil milhas a perna. Enfim, chegamos mortos, comemos e dormimos porque fomos informados que o Hotel Catimar possuía um sistema de transfer para o aeroporto nacional que tinha hora marcada.

Então, no dia seguinte fomos acordados as 5 horas da manhã porque o ônibus do hotel sairia as 6 horas para o aeroporto nacional. O detalhe era o que o nosso vôo era apenas as 9 horas. Mas como o próximo transfer era apenas às 8 horas, a recepcionista nos indicou ir no mais cedo, só por segurança.

Acho que chegamos ao aeroporto antes das 7 horas. O guichê estava fechado ainda. Nós fomos para Los Roques pela Chapi Air, a única empresa que não tem placa de identificação entre os balcões. Logo que chegamos já fomos abordados por um senhor para trocar dólar A cotação dele era de 8 bolívares para 1 dólar. Ele insistiu muito e ficou dizendo que em Los Roques era o cambio oficial (4 bolívares por dólares), já tínhamos o suficiente para o café da manhã e as taxas com a Chapi Air. Logo, não trocamos.

Nesse meio tempo tomamos café, o guichê abriu, fizemos o check in e ficamos esperando a hora de ir.

A viagem no pequeno avião foi bem tranquila. O co-piloto fica com a porta aberta até último segundo do avião tirar as rodas do chão. Mas se ele estava tranquilo, por que eu iria me preocupar? Ainda dentro do aviãozinho você começa a perceber como serão incríveis seus próximos dias.

Como vocês já devem ter lido em muitos sites e blogs. Los Roques é um arquipélago de ilhas na Venezuela, muito conhecido como caribe venezuelano. A ilha de Gran Roque é onde se encontram todas as pousadas, mas não tem praia. Todos os dias tivemos que nos deslocar de barco até uma outra ilha, sempre escolhida na noite anterior.

Aluguel de carro

No dia da chegada em Los Roques, desembarcamos em Gran Roque por volta das 10 horas e as lanchas saem para as outras ilhas por voltas das 9:45. Nós ainda tínhamos que pagar a taxa turística, chegar na pousada e trocar de roupa. Por isso, um barqueiro foi nos pegar um pouco mais tarde que o horário normal e não tivemos opção de escolher em que ilha ir neste dia. Fomos levados a mais próxima para não perder muito tempo.

A primeira ilha a conhecermos foi Franciski. Posso dizer que neste dia eu já estava encantada e nem sabia o que me esperava. Ficamos apenas relaxando e não fizemos nenhuma das muitas atividades possíveis como snorkel e caiaque. E não fizemos como em outros passeios mais de uma ilha por dia, ficamos apenas em Franciski mesmo.

Foram horas de muito descanso e contemplação dessas águas muito cristalinas.

Que tal seguir a gente no Instagram tem muitas fotos rolando por lá!

Viagem em abril de 2012

LEIA MAIS:
Los Roques: Sebastopol, Boca del Medio, Bajo Fabian
Los Roques: Norosky, Crasqui e Rabusqui
Los Roques: Carenero, Sarki e Craski

Posted in AMERICA DO SUL, LOSROQUES, VENEZUELA and tagged , , , , , , , , , , , .
Tatiane Dias

Tatiane Dias

A cada dia me desapego mais e mais de bens materiais. A vida nos mostra que mais importante que ter é viver. Por isso, cada brecha que temos já começo a pensar em algum lugar pra ir seja no Rio ou fora dele.

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *