Los Roques: Norosky, Crasqui e Rabusqui

No quarto dia em Los Roques, as ilhas escolhidas foram: Norosky, Crasqui e Rabusqui. Este foi também um dia em que a saudade de casa bateu e lembramos muito do Brasil. Afinal, mesmo sendo todos brasileiros as conversas eram muito sobre a beleza do lugar e só lugares incríveis no nosso país.

Nossa primeira parada foi em Norosky, uma prainha lindinha há pouco minutos de Grand Roque. Em Noroski, tem uma pequena cabana bem decorativa. Entrei nela pra tentar bater uma foto e fui atacada por mosquitos. Então, minha dica é se tem uma cabana vazia é porque há um motivo, cuidado. Enquanto eu me recuperava dos mosquitos, o Bruno fez snorkel.

Como ainda tínhamos mais duas praias a conhecer ficamos pouco tempo em Norosky.

los_roques_35

los_roques_36

los_roques_37

los_roques_38

Nossa segundo destino desse passeio foi Crasqui! A primeira vista a ilha é um pequena extensão de areia, muito pequena mesmo. Depois descermos e esticarmos nossas cadeiras e barracas fomos dar um volta para ver com mais cuidado.

los_roques_39

Ao entrar num pequeno caminho que encontramos nesse reconhecimento de território, descobrimos uma trilha que era cercado de conchas. Tinha muitas conchas, mas no caminho da trilha elas estavam queimadas. Quando saímos da trilha e chegamos do outro lado da praia, vimos muito mais conchas. Eram muitas conchas! E dessa vez, elas estavam clarinhas, lindas.

Aluguel de carro

Além da vista linda que também tinha desse lado. A caminhada é pequena e vale muito a pena.

los_roques_40

los_roques_41

los_roques_42

E por último, fomos parar na Lagoa de Rabusqui! Este foi um dos momentos bem emocionantes do passeio. Quando estávamos chegando perto do lugar, o barqueiro desligou o barco no meio do mar e disse: “É aqui!” E de repente nós vimos um monte de estrelas do mar. Ainda de dentro do barco. Nesse momento, rolou aquela dúvida: será que aqui é fundo? Até que um dos meninos pulou pra ver e estávamos num banco de areia com água abaixo da cintura.

Então, todo mundo pulou do barco, com algum cuidado porque tinha muitas águas vivas também e batemos várias fotos e vimos muitas estrelas do mar.

los_roques_44

los_roques_45

Para batermos fotos com as estrelas, aprendemos que isso tinha que ser feito bem rápido porque se elas ficarem mais de uns 3 segundos fora da água morrem. Infelizmente, isso aconteceu com uma estrelinha. E quando elas morrem, elas ficam boiando na água e não no fundo do mar.

Enquanto todos os turistas estavam entretidos com as estrelas do mar, as fotos e preocupados em não se queimarem nas águas vivas, o nosso barqueiro saiu em busca do seu jantar. E não é que ele achou!!!

los_roques_43

Que tal seguir a gente no Instagram tem muitas fotos rolando por lá!

Viagem em abril de 2012

LEIA MAIS:
Los Roques: Gran Roque
Los Roques: esclarecimentos sobre os hotéis
Los Roques: Como Chegar

Posted in AMERICA DO SUL, LOSROQUES, VENEZUELA and tagged , , , , , , , , , , , .
Tatiane Dias

Tatiane Dias

A cada dia me desapego mais e mais de bens materiais. A vida nos mostra que mais importante que ter é viver. Por isso, cada brecha que temos já começo a pensar em algum lugar pra ir seja no Rio ou fora dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *