Paraty: Passeio de Barco

Como contamos nesse post, chegamos na pousada por volta de 1 da manhã. Mas como todo mundo que tem apenas um feriado para aproveitar a cidade, tomamos o café da manhã cedo e saímos meio sem rumo. Não tínhamos nada programado para esse dia, mas gostaríamos de conhecer o centro histórico e aproveitar que não estava chovendo.

Depois de uma voltinha pelo centro histórico, acabamos parando no cais. Nós sabíamos que uma das nossas opções de atividades era fazer o passeio de escuna. Nós só não sabíamos se seria bem no primeiro dia ou se esperávamos o dia seguinte para ver se o tempo melhorava, ainda contávamos com essa opção. Dando uma voltinha pelo cais fomos convencidos a fazer naquele dia mesmo por uma tripulante do barco Pérola Negra.

Acabamos não procurando outras embarcações, pois fomos convencidos pelos argumentos dela que seria bom fazermos naquele dia mesmo. O Pérola Negra contava com música, bebidas, não inclusas no valor do passeio, e refeições que eram feitas no próprio barco. O cardápio era disponibilizado cedo e num determinado ponto o barco parava para comermos ou aproveitarmos a praia.

Aluguel de carro

O barco contava com 4 paradas: Ilha Comprida, Praia da Conceição, Ilha da Pescaria (onde parávamos para almoçar, ou seja, se você pediu comida não pode pular, achei essa parte meio ruim) e por último a Praia Vermelha.

Praia da Conceição

Praia da Conceição

Praia Vermelha

Praia Vermelha

Criação de Lagostas

Criação de Lagostas

Ilha da Pescaria

Ilha da Pescaria

Vista do barco

Vista do barco

paraty_11

Ilha Comprida

Ilha Comprida

paraty_13

Como o tempo não nos ajudou, estava chovendo e frio, o pessoal do barco não animou em pular na água na última parada. Então, a tripulação do barco sugeriu da gente ir voltando devagar conhecendo algumas praias. Assim, nós passamos pelas Praia da Santa Rita, Ponta da Cruz, Ponta Grossa, Ilha do Mantimento, Praia do Engenho d’água e Praia do Jurumirim. Umas delas era uma ilha do dono da rede globo, eu não lembro qual, mas é só procurar pela que tem seguranças e não pode parar.

A noite, eu estava louca para comer pizza e como estávamos meio cansados e não queríamos tomar chuva de novo, comemos numa “lanchonete”; A Best Burguer era uma pizzaria bastante simples, mas com uma pizza bastante saborosa. Apesar da simplicidade do local a conta não foi barata.

Que tal seguir a gente no Instagram tem muitas fotos rolando por lá!

Dados Financeiros:
Passeio de barco: R$ 25,00 por pessoa.
Comida no barco: De R$ 20,00 a R$ 40,00 por prato
Jantar (pizza, refrigerante e heineken de 1 litro): R$ um pouco mais de R$ 50,00.

Viagem realizada em Outubro de 2012.

LEIA MAIS:
Paraty: Review – Pousada Tropical
Paraty: Uma cidade histórica
Paraty: Um Dia de Muita Chuva

Posted in AMERICA DO SUL, AVENTURA, BRASIL, PARATY, RIO DE JANEIRO and tagged , , , , , , , , , , .
Tatiane Dias

Tatiane Dias

A cada dia me desapego mais e mais de bens materiais. A vida nos mostra que mais importante que ter é viver. Por isso, cada brecha que temos já começo a pensar em algum lugar pra ir seja no Rio ou fora dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *