Rio de Janeiro: Tour Grand Bazaar – Parte 2

O passeio continuou, fomos em direção a Catedral pela Rua do Lavradio. Nesse percurso a Bia sempre mostrava uma casa e outra e nos contava história dela. Achei isso muito simpático. Fora que ela sempre indicava algum restaurante pra gente conhecer. Então, se você não é do Rio, faça o Walk Tour logo no inicio da sua chegada, pois vai descobrir vários lugares pra voltar!

A catedral ao fundo.

A catedral ao fundo.

grand_bazaar12

Uma das casas que a Bia nos chamou atenção no meio do caminho.

Uma das casas que a Bia nos chamou atenção no meio do caminho.

Aluguel de carro

A Catedral é linda! Mesmo eu que não sou muito de igrejas tenho que assumir que o projeto foi muito bem feito. Seguimos em direção a Praça Tiradentes. Mas antes a Bia nos levou a Igreja Presbiteriana. Não estava no roteiro, mas entramos no jardim, vimos um pouco das obras e ela nos explicou sobre a arquitetura.

A Catedral

A Catedral

Na Praça Tiradentes, a Bia ia começar a contar a regra para as estatuas que tem soldados sobre cavalos. Pois é, existe uma regra, mas é melhor que um guia te explique pessoalmente e com uma estátua a sua frente, mas como eu já tinha lido a respeito, ela falou bem rapidamente sobre isso. Logo ao lado da Praça Tiradentes está o Teatro João Caetano.

Igreja Presbiteriana

Igreja Presbiteriana

grand_bazaar16

Praça da República

Praça da República

Como fizemos o passeio num feriado, apenas passamos na frente do Real Gabinete Português, uma pena que não conseguimos entrar. A Bia nos contou que a versão original da obra – Os Lusíadas – escrita por Camões está guardado lá.

Agora, vou contar um momento tenso do nosso passeio. A rua do Real Gabinete Português estava bastante deserta e tinha duas saídas. Depois de passarmos por ele, fomos em direção ao Largo do São Francisco, onde se encontra a Igreja de São Francisco de Paula. Na hora em que chegamos e a Bia ia começar a falar da Igreja e a estatua dele que se encontra no meio da Praça o Bruno a interrompeu e falou pra gente não parar.

Ele nos contou que percebeu que alguns meninos de rua que estavam no centro da praça estavam prestando muita atenção em 2 turistas que entravam pela praça no sentindo oposto ao nosso com uma maquina fotográfica DSLR. Eles levantaram rápido e seguiram pela rua lateral que ia dar no mesmo lugar que os turistas estavam indo. Não sei se entenderam, mas eles foram por uma outra rua pra encontrarem com turistas equipados lá no prédio do Gabinete.

Neste momento, ficamos meio perdidos e não conseguimos avisar os turistas. Até porque surgiu um mendigo mais velho e ficou sinalizando pra gente sair dali logo. Foi o que fizemos e fomos para o próximo destino: a Confeitaria Colombo. Preciso dizer que a Bia me surpreendeu. Mesmo com o susto, enquanto andávamos na Rua do Ouvidor em direção a Colombo, ela tentava nos falar sobre a Igreja que perdermos, mas é obvio que não ficou muita coisa, ainda estávamos meio tenso com o ocorrido.

UPDATE:A empresa Rio Walks finalizou suas atividades em Agosto de 2013.

Que tal seguir a gente no Instagram tem muitas fotos rolando por lá!

Dados Financeiros:
Tour: R$ 50,00 por pessoa

Passeio realizado em Novembro de 2012.

LEIA MAIS:
Rio de Janeiro: Jardim Botânico
Rio de Janeiro: Tour Grand Bazaar Carioca
Rio de Janeiro: Cristo Redentor

Posted in AMERICA DO SUL, BRASIL, CIDADE DO RIO, CULTURAL, RIO DE JANEIRO and tagged , , , , , , , , , .
Tatiane Dias

Tatiane Dias

A cada dia me desapego mais e mais de bens materiais. A vida nos mostra que mais importante que ter é viver. Por isso, cada brecha que temos já começo a pensar em algum lugar pra ir seja no Rio ou fora dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.