Buenos Aires: Jardim Zoológico de Palermo

Logo nos primeiro dias em Buenos Aires, percebemos que o ritmo de vida argentino é um pouco diferente do nosso. Nós saímos do hotel sempre por volta das 10h30min ou 11h e muitas vezes não tinha muita coisa em funcionamento ainda. Percebemos rapidinho que os argentinos vivem mais a tarde e noite do que a manhã. Por esse motivo, quando chegamos ao Zoológico de Palermo fomos alguns dos primeiros a entrar.

zoologico_palermo (5)

Tinha um monte deles andando soltos pelo Zoo.

zoologico_palermo (1)

zoologico_palermo (2)

Quando colocamos esse Zoológico no nosso roteiro algumas pessoas disseram que era desnecessário, que o zoológico estava quase vazio e que não tinha muita graça. Preciso confessar que ele não é lá essas coisas mesmo. Tem os animais tradicionais e pronto, nada demais para um zoológico.

Aluguel de carro

zoologico_palermo (6)

zoologico_palermo (9)

zoologico_palermo (4)

Entretanto, nós achamos o passeio válido, o zoológico tem um tamanho razoável. E tem também uma arquitetura bem interessante. Fizemos o passeio sem pressa e observando tudo com muito cuidado e atenção. Caso você tenha um número razoável de dias em Buenos Aires e goste desse tipo de atração nós indicamos.

zoologico_palermo (3)

zoologico_palermo (7)

zoologico_palermo (8)

Nesse dia tivemos a certeza que escolhemos o bairro certo para nos hospedar. Depois do tour pela cidade inteira, com o Buenos Aires Bus, e a ida ao zoológico caminhando vimos que aquele região era onde se encontrava o maior número de atrações verdes, que é o que mais nos encanta. Depois de umas 3h dentro local, saímos correndo para almoçar, já eram quase 14 horas. Nesse dia, acabamos indo no Burguer King mesmo. Não queríamos perder tempo, estava pertinho do zoológico e seria bem rápido.

Outra coisa que percebemos nesse dia foi que a argentina está realmente num processo inflacionado. Planejei toda a nossa viagem levando em consideração as informações da internet e do Guia de Viagem da Lonely Planet que eu comprei no final de julho. No guia, a entrada desse zoológico estava sinalizando menos da metade do que paguei. Pode ter sido tanto a inflação quanto o fato de termos ido em alta temporada, mas só me chamou mais a atenção para nas próximas viagens ter uma reserva boa para esses incidentes.

O Zoológico funciona de terça a domingo de 10h às 18h (de abril a setembro até as 17h).

No início do ano, tivemos a triste notícia que um Urso Polar do Zoológico de Palermo morreu por causa do calor intenso em Buenos Aires. Esse é o tipo de notícia que nós faz repensar se essas atrações não são feitas de maneira erradas. Afinal, é muito interessante podermos ver alguns animais que nunca veríamos, mas deve haver muita estrutura para que o ambiente do zoológico chegue o mais próximo possível do real e coisas como essas não aconteçam.

Que tal seguir a gente no Instagram tem muitas fotos rolando por lá!

Dados Financeiros:
Zoológico de Palermo: $ 47 por pessoa
Burguer King: $ 45 por pessoa

Viagem realizada em Dezembro de 2012.

LEIA MAIS:
Buenos Aires: De Palermo ao Centro
Uruguai: Um dia pela Colônia do Sacramento
Uruguai: De Buenos Aires ao Uruguai de Buquebus

Posted in AMERICA DO SUL, ARGENTINA, BUENOS AIRES and tagged , , , , , , .
Tatiane Dias

Tatiane Dias

A cada dia me desapego mais e mais de bens materiais. A vida nos mostra que mais importante que ter é viver. Por isso, cada brecha que temos já começo a pensar em algum lugar pra ir seja no Rio ou fora dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *