Morro de São Paulo: Restaurantes – parte 3

Dia 7 – Voltando ao melhor de todos
Neste dia, eu descobri que em um horário normal, por volta de 13 hora, o melhor lugar para comer no Morro de São Paulo é na Segunda Praia. Nós passamos por ela, mas nada nos encheu os olhos, acabamos caminhando até a Vila e escolhemos um restaurante com a decoração bonitinha, chamado La Tabla. Só que tivemos alguns problemas.

Depois de sentar e fazer o pedido, eu comecei a achar que a toalha da mesa estava suja, com um cheiro esquisito. O Bruno disse que era cheio de água sanitária. Como eu já tinha pedido e estava tomando refrigerante, continuei lá. Pedimos strogonoff de camarão, achei a comida normal, mas nada demais. Este é um restaurante que eu não voltaria. O valor total foi de R$ 73,30.

restaurante_morro_de_sp (1)

A noite, voltamos ao Restaurante & Enoteca Mediterrâneo, que comemos em nossa primeira noite. Neste dia, estávamos pensando em pedir algo que desse para 2. Só que resolvemos perguntar para a dona do restaurante qual era a especialidade. Ela nos indicou um prato que era com 400 gramas de massa e 500 gramas de carne uruguaia. Nós resolvemos aceitar a indicação e escolhemos um vinho também. Como nós perguntamos se dava para 2 e ela nos informou que pessoas com pouca fome poderiam dividir. Decidimos complementar com uma entrada de brusquetas.

Entrada

Entrada

Prato Principal, já dividido pra 2.

Prato Principal, já dividido pra 2.

restaurante_morro_de_sp (4)

A verdade é que o prato não é para dois. Ele é um prato um pouco mais generoso, mas não dá para duas pessoas. Nós não tivemos problema por causa da entrada e a garrafa inteira de vinho.

Aluguel de carro

Dia 8: Jantar na rede Íbis
Na noite de pernoite, em Salvador, apenas jantamos algo bem tradicional no próprio restaurante do Íbis. Eles estavam com um Festival de Sopas quando fomos. Mas achamos com pouca variedade: tinha 3 opções de sopa e nenhuma que nos atraísse de verdade. Acabamos pedindo pratos tradicionais: eu, file mignon com fritas, o Bruno, penne ao molho fungi. Ele adorou.

A conta no Íbis deu R$ 65,40, mas incluía: os dois jantares, 1 cerveja, 1 refrigerante, 1 chocolate e 1 água.

Além desses restaurantes, fizemos umas comprinhas de águas e biscoitos no supermercado da Vila que deu quase R$ 40,00 para todos os dias em que estivemos lá. E pagamos mais uns R$ 40,00 na conta final do Hotel em águas e drinks.

Ficamos devendo as fotos do jantar no Ibis, as baterias não aguentaram nesse dia.

Que tal seguir a gente no Instagram tem muitas fotos rolando por lá!

Viagem realizada em Julho de 2013.

LEIA MAIS:
Morro de São Paulo: Pontos Turísticos na Ilha
Morro de São Paulo: Volta a Ilha
Morro de São Paulo: Trilha de Garapuá – caminhando ou de carro?

Posted in AMERICA DO SUL, BAHIA, BRASIL, GASTRONOMIA, MORRO DE SÃO PAULO and tagged , , , , , , , .
Tatiane Dias

Tatiane Dias

A cada dia me desapego mais e mais de bens materiais. A vida nos mostra que mais importante que ter é viver. Por isso, cada brecha que temos já começo a pensar em algum lugar pra ir seja no Rio ou fora dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *