Puerto Iguazú – Icebar

Puerto Iguazú é uma cidade da província de Misiones, cidade Argentina, localizada na fronteira de Foz do Iguaçu. Por conta de sua vida noturna movimentada e mais agitada que Foz do Iguaçu é costume dos turistas, ou mesmo moradores de Foz, irem até a cidade a noite ou após o passeio das Cataratas do lado argentino. Nós fomos duas noites a Puerto Iguazú.

Ice Bar Iguazu
Nós fechamos a nossa ida a Puerto Iguazú com a Loumar, esse passeio chama-se Paseo Argentina Bohemia. A van nos pegou no Hotel Bella Itália pontualmente no horário combinado. Após pegar mais algumas pessoas, seguimos em direção a Argentina. Como estávamos no meio de um feriadão, fazer a migração foi um pouco demorado. Para vocês terem um ideia, saímos do hotel as 19:30 e chegamos no Icebar às 21 horas.

Ice_Bar_iguazu-2

Quando chegamos no Icebar o nosso motorista foi até o guichê e retirou os ingressos de todos da van para o próximo grupo, de 21:30. Então, não esperamos muito tempo. Nós vimos que quem chegava lá para compra no balcão teria que comprar ingresso para depois da meia noite, então, esse foi um ponto positivo de fechar com a Loumar, não tivemos que esperar para entrar.

Se tiver que esperar, tem um lugarzinhos bem agradável.

Se tiver que esperar, tem um lugarzinhos bem agradável.

A entrada ao Icebar é feita em partes. Primeiro, eles no colocam numa sala onde o ar-condicionado é numa temperatura mais baixa do que estamos acostumados. Nesse ambiente, eles nos entregam as roupas mais pesadas, as luvas veem aquecidas. Depois de nos vestirmos entramos numa outra sala, com temperatura mais baixa, e por último vamos ao grande freezer.

Ice_Bar_iguazu-3

Ice_Bar_iguazu-7

A temperatura é de -10ºC e tudo é feito de gelo lá dentro: paredes, móveis, esculturas, os copos das bebidas, que estão incluídas no ingresso. O tempo de permanência é de 20 minutos, que passam muito rápido. Mas, caso, você não aguente a temperatura pode sair a hora que quiser.

Ice_Bar_iguazu-5

Ice_Bar_iguazu-6

A principio, eu achei que -10ºC seria muito frio, mas como fizemos a entrada progressivamente não sofri muito com o frio. Conseguimos ficar até o final.Ao sairmos do Icebar, fomos ao centro de Puerto Iguazú, o motorista nos deu um tempo para comermos alguma coisa. Nós aproveitamos para comer uma pizza e tomamos uma quilmes.

Como dissemos, contratar o serviço com a Loumar teve o lado bom. Se tivéssemos ido de táxi e comprado o ticket na porto teríamos que esperar muito tempo para entrarmos no bar. Mas por outro lado teríamos mobilidade e não dependeríamos de um grupo para ir ou não a outro lugar. Estou dizendo isso porque na volta de Puerto Iguazú um casal não respeito o horário combinado de retorno e o ônibus inteiro teve que ficar esperando. Acho isso uma grande falta de educação, porque foi só o motorista sair com o ônibus e dar uma volta no quarteirão que eles apareceram.

Enfim, todas as formas tem o lado bom e o lado ruim. Cabe a cada um encontrar o melhor estilo de viagem para si.

Ice_Bar_iguazu-4

Acredito que se fossemos fora de um feriadão, ir de táxi seria uma boa opção. Já lemos em alguns lugares que os taxistas cobram uma média de R$ 120 a R$160 para levar, esperar e trazer as pessoas de volta de Puerto Iguazu. A entrada do Icebar é de P$ 160,00 por pessoa, nós pagamos o peso a R$ 0,26 o que nos daria uma entrada por aproximadamente R$ 41,60. Ou seja, no nosso caso, duas pessoas, saiu mais barato fechar com a Loumar e além do fato de não termos que esperar muito no Icebar. Mas se forem mais pessoas ou mesmo se você não gostar dessa dependência de estar em um grupo, achamos que a diferença pode valer a pena.

Que tal seguir a gente no Instagram tem muitas fotos rolando por lá!

Dados Financeiros:
Noite Bohemia (ingresso e transfer): R$ 95,00 por pessoa
Pizza e a Quilmes: menos de R$ 50,00

Viagem feita em Abril de 2014.

LEIA MAIS:
Foz do Iguaçu: Sugestão de Roteiro de 5 dias
Puerto Iguazú – Cataratas do Iguaçu pelo lado argentino
Puerto Iguazú: Duty free

Posted in AMERICA DO SUL, ARGENTINA, BRASIL, FOZ DO IGUAÇU, PARANÁ, PUERTO DO IGUAZÚ and tagged , , , , , , .
Tatiane Dias

Tatiane Dias

A cada dia me desapego mais e mais de bens materiais. A vida nos mostra que mais importante que ter é viver. Por isso, cada brecha que temos já começo a pensar em algum lugar pra ir seja no Rio ou fora dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *