Rio de janeiro e os Food Trucks

No último fim de semana aconteceu no Parque Lage o evento H2OH! no Parque – 1º Encontro Nacional de Food Trucks. Nós estivemos lá apenas no último dia e vamos contar um pouco do que vimos e achamos do evento.

O local
O evento aconteceu no Parque Lage, que ao nosso ver é um parque muito agradável do Rio de Janeiro. Eu cresci bem perto do parque e quando vi o anúncio do evento fiquei me perguntando como seria a organização. Já que o local conta com muitas partes verdes e pouco espaço para carros.

parque_lage_food_truck_01

Bom, os Food Trucks estacionaram ao redor da mansão onde se encontra a Escola de Artes Visuais do Parque Lage (EVA). Esse espaço não era  muito grande, mas olhando ao redor era a melhor opção para o evento.

parque_lage_food_truck_02

parque_lage_food_truck_03

Aluguel de carro

O evento
No sábado, primeiro dia do evento, li nas redes sociais algumas criticas ruins sobre ele. Já li que o espaço era pequeno e que mesmo com chuva estava cheio, com filas desorganizadas e os preços um pouco salgados.

Fila antes de entrar no espaço dos Trucks.

Fila antes de entrar no espaço dos Trucks.

No domingo, quando estive lá, vi muitas coisas que li. Para minha sorte não estava chovendo, mas, como no dia anterior, havia bastante gente e muitas filas sem organização. A gente não sabia se o que tinha a nossa frente era fila ou pessoas tentando passar. Vi pessoas reclamando que esperaram muito tempo para conseguir comer alguma coisa. Por outro lado, achei interessante os espaço tipo lounge e as mesas no estilo pic-nic próximo de onde se encontrava o DJ.

parque_lage_food_truck_05

parque_lage_food_truck_06

Apesar de os Food Trucks estarem muito na moda e qualquer coisa que se faça com esse nome alcançar um grande numero de pessoas, prefiro pensar que a organização do evento não esperava o público que conseguiram do que pensar que faltou organização.

parque_lage_food_truck_07

Quanto aos preços salgados acredito que se deva ao fato de que apesar da comida ser feita nos truck, muitos desses carros são de cozinheiros renomados e por isso o preço não lembra as minhas experiências em carros de ruas da época de adolescência. Aproveito o momento para compartilhar um texto que me fez pensar a respeito da moda dos Food Trucks, da Adele Grandis.

Tinha bastante lounges para sentar, alguns com almofadas outros não.

Tinha bastante lounges para sentar, alguns com almofadas outros não.

Os Food Truckers
Nesse evento estavam os seguintes Food Trucks: Los Mendozitos (Rio de Janeiro); Cadê meu Brigadeiro? (Belo Horizonte); Chilli na Rua (Brasília); Versão Brasileira (Porto Alegre); Por Aí Gastronomia Portuguesa (São Paulo); Larica Gourmet (Rio de Janeiro); Buzina (São Paulo); Nhac (Rio de Janeiro); SudDog (Rio de Janeiro); Tapí (Rio de Janeiro); Venga (Rio de Janeiro); Rio Food Truck Bar (Rio de Janeiro); Bohemia Food Truck.

Como eu disse os Food Trucks estão na moda, por isso, vou listar aqui alguns eventos que conheço, caso vocês queiram ampliar as opções: Feira Planetária, que ocorre um fim de semana por mês, e o Food Truck Festival Village Mall, ocorreu em dezembro, mas na agenda do shopping é possível ver que dois trucks vão ficar estacionados em seu deck de 19 de fevereiro até 22 de fevereiro.

Caso vocês conheçam mais desses eventos pelo Rio, podem deixar comentários que eu atualizo aqui. E o que vocês estão achando da moda dos Food Trucks?

Que tal seguir a gente no Instagram tem muitas fotos do Rio de Janeiro rolando por lá!

Evento realizado em fevereiro de 2015

LEIA MAIS:
Rio de Janeiro: Lagoa Rodrigo de Freitas
Rio de Janeiro: Pelos Trilhos de Santa Teresa 1
Rio de Janeiro: Bar Palhinha

Posted in AMERICA DO SUL, BRASIL, CIDADE DO RIO, GASTRONOMIA, RIO DE JANEIRO and tagged , , , , , , , .
Tatiane Dias

Tatiane Dias

A cada dia me desapego mais e mais de bens materiais. A vida nos mostra que mais importante que ter é viver. Por isso, cada brecha que temos já começo a pensar em algum lugar pra ir seja no Rio ou fora dele.

5 Comments

    • Pois é, o conceito até tentaram trazer para o Brasil como algo super legal, mas poderia ser um pouco mais barato e não atingir somente uma parte das pessoas, mas ainda sim adoro hamburguers caseiros rss.

      Bry Bruno Ferreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *