Chile – Santiago: uma visita a tradicional vinícola Concha y Toro

Todo mundo diz que visitar a Vinícola Concha y Toro é um passeio bem pega turista em Santiago. Nós não estamos nem perto de sermos alguma espécie de Sommelier, mas adoramos nos aventurar pelo mundo dos vinhos. Por isso, já saímos com a nossa reserva ao Tour Marques de Casa Concha.

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile-21

Aqui já deixou a primeira dica: a reserva é obrigatória. E deve ser feita com pelo menos 24 horas de antecedência.

Como Chegar
Apesar de ser possível contratar uma excursão que tem um valor médio de US$ 60,00 e US$ 90,00 por pessoa. Nós optamos por ir de forma independente, afinal, sairia bem mais barato e estaríamos livres para ficar na vinícola o tempo que quiséssemos.

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile-22

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile-24

Pegamos o metrô azul escuro e seguimos até a estação Las Mercedes. Nós saímos do centro, pois tínhamos ido até o Museu de Arte Pré-Colombino pela manhã. Levamos um pouco mais de 1 hora no metrô. Na saída da estação pegamos um táxi que chegou na vinícola bem rápido entre 5 e 10 minutos. Na volta, pegamos uma van que saí da vinícola e nos deixou no metrô.

A Vinícola
A Concha y Toro se localiza no Valle del Maipo – nos arredores de Santiago. Ela não é a maior, mas é uma das mais antigas e conhecidas do país e eu arriscaria dizer a queridinha dos brasileiros.

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile-4

A primeira impressão que tivemos do lugar não poderia ser melhor. O lugar é lindo, cheio de flores. Para chegar até o casarão onde viveu o fundador, Don Melchor, há um túnel de folhagens suspensas que se entrelaçam formando um caminho refrescante. Então, a primeira parada é para conhecermos um pouco da história do fundador, seguida das explicações sobre as cepas, tipos de colheitas e importância das uvas.

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile-6

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile-10

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile-9

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile-8

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile-7

A próxima parada foi no local onde estão armazenados os vinhos que chegam as nossas mesas: as bodegas. Eu adoro quando entramos nessa parte do tour, o cheiro que se encontra nesses locais são muito agradáveis. Nessa parte aprendemos um pouco da história das bebidas mais famosas da Concha y Toro e um dos vinhos chilenos mais conhecidos no mundo, o Casillero del Diablo.

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile-18

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile-19

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile-17

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile-20

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile-12

Já estávamos acostumados a explicações dadas nessa parte da visita. Mas como não havíamos pesquisado sobre o tour ficamos bastante surpresos quando o guia nos deixou sozinhos dentro de uma bodega e apagou as luzes. Ficamos ali nos perguntando o que aconteceria por um tempo mas, de repente, uma voz começa a contar a lenda do nascimento do vinho Casillero del Diablo.

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile-13

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile-14

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile-15

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile-16

Por último conhecemos as bodegas atuais, cheias de barris de carvalho – vindos de várias partes do mundo. Aqui, a explicação é bem similar de outras vinícolas. Depois de mais algumas explicações sobre as formas de armazenagens dos vinhos, partimos, enfim, para a parte mais legal: a degustação.

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile-2

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile-11

Nessa parte estava o nosso grupo completo, que contava com 5 pessoas. Cada um provou 3 taças de vinho e levamos as taças de recordação. Aqui, se encerrou o tour simples. Duas pessoas do nosso grupo foram embora e nós e mais uma fomos direcionados a uma sala onde faríamos mais uma pequena degustação.

O Tour Marques de Casa Concha incluí tudo que descrevemos até o momento e mais a degustação de mais quatro taças de diferentes vinhos Super Premium com o acompanhamento de queijos e um sommelier explicando as variações de vinhos e com que tipos de queijos eles caem melhor. O brinde dessa parte do tour é a tabua onde os queijos são estão expostos. Nós gostamos muito de fazer essa parte com queijos e vinhos.

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile-5

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile-3

Finalmente, depois de concluído o passeio oficial nós ainda podíamos ficar à vontade pela vinícola. No seu pátio principal tem um restaurante, um wine bar, bem bonito com pratos que variam entre US$ 12 e US$ 25. Também é possível beliscar algo, comer queijos e azeitonas. Acompanhado por vinhos Concha y Toro.

Nossa parada mais perigosa foi na saída onde se encontra a loja de vinhos e acessórios. A loja é bonita e bastante grande. Nela há todas as marcas Premium e Ultrapremium da Concha y Toro por preços bons se comparados ao Brasil.

Vinicola_Concha_Y_Toro_Chile-23

Uma sommelier nos ajudou na compra dos vinhos. Nós compramos aproximadamente 4 vinhos e nossa conta deu o valor de um único vinho Premium no Brasil. Os acessórios são bem legais, mas nós preferimos investir na parte alcoólica da loja.

Se esse for realmente um passeio pega turista é um passeio pega turista muito bom porque nós gostamos muito da experiência e fechamos os nossos dias em Santiago com chave de ouro.

Que tal seguir a gente no Instagram tem muitas fotos rolando por lá!

Dados Financeiros:
Metro: CLP $ 640 por pessoa
Táxi: CLP $ 3160
Tour Marques de Casa Concha: CLP $ 16000 por pessoa
Van: CLP $ 1000 por pessoa

Viagem realizada em Novembro de 2014.

LEIA MAIS:
Chile: Plaza de Armas e Catedral Metropolitana em Santiago
Chile: Los Cuates – Comida Mexicana
Chile: Santiago – Palacio de La Moneda, Plaza de La Constitución e Centro Cultural de la Moneda

Posted in AMERICA DO SUL, CHILE, GASTRONOMIA, SANTIAGO and tagged , , , , .
Tatiane Dias

Tatiane Dias

A cada dia me desapego mais e mais de bens materiais. A vida nos mostra que mais importante que ter é viver. Por isso, cada brecha que temos já começo a pensar em algum lugar pra ir seja no Rio ou fora dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *