Mato Grosso: Chapada dos Guimarães – Mirante Alto do Céu

Ficamos muito na dúvida se devíamos escrever sobre esse lugar porque nós não tivemos muito tempo lá. Mas como esse blog é um pouco relato de viagem e um pouco dicas do que fazer e do que não fazer, resolvemos contar aqui o que aconteceu conosco para que na sua ida a Chapada dos Guimarães vocês aproveitem o lugar um pouco melhor que a gente.

Nós tínhamos acabado de fazer check in na Pousada Vila dos Guimarães. Eu me preparava para tomar um banho e descansar um pouco quando resolvi mandar um mensagem para a Manoela Laurindo, nossa guia na Chapada dos Guimarães. Eu precisava acertar uns horários de passeio com ela.

Assim que mandei a mensagem para ela, por volta de umas 16 horas, a Manoela respondeu mandando a gente sair do hotel e encontrar com ela para irmos ver o pôr do sol. Ela não me disse aonde, mas eu gostei da ideia e saímos correndo da pousada, sem equipamento e sem nada.

Pegamos a estrada e fomos em direção ao Mirante Alto do Céu, um dos lugares que estava na minha lista de atrações na Chapada. Mas como era mais para o fim da tarde eu não tinha colocado no primeiro dia da viagem.

Mirante_alto_do_ceu_Chapada_guimaraes

Chegamos no mirante o sol já estava baixando, então, não conseguimos ver o pôr do sol em si. Vimos o céu mudando de cor e a cidade logo abaixo se iluminando.

Aluguel de carro

Mirante_alto_do_ceu_Chapada_guimaraes-2

Foi uma visão belíssima. Tão bela que os nossos planos eram voltar lá mais cedo. Fazer a pequena caminhada que tem até o mirante e ver o pôr do sol de verdade, só que nós não conseguimos.

Em alguns dias o mirante estava fechado e em outros nossas atividades acabavam mais tarde do que o início do pôr do sol. No último dia, em que achamos que daria, a neblina baixou na cidade as 15 horas e não foi mais possível ir até o local.

Por causa desse item pendente provavelmente teremos que voltar a Chapada dos Guimarães um dia, mas isso não vai ser nenhum sacrifício não é mesmo?

O Mirante Alto do Céu conta com uma tirolesa que nós também não fizemos. Ela funciona de sexta a domingo e ouvi dizer que precisa agendar horário. O mirante conta com um espaço lindo para relaxar por fora também.

Uma dica: se for ver o pôr do sol até o fim leve lanternas ou celular com lanterna. Fica bem escuro depois que o sol se põe.Ah, a Manoela foi uma querida com a gente durante todos os passeios. Nós indicamos muito o trabalho dela. Vou deixar aqui o contato dela para vocês: email  e whatsapp: (65) 9943-5651.

Que tal seguir a gente no Instagram tem muitas fotos rolando por lá!

Dados Financeiros:
Taxa de Entrada: R$ 10,00

Viagem realizada em Junho de 2015.

LEIA MAIS:
Mato Grosso: Chapada dos Guimarães, Bom Jardim/Nobres e Pantanal
Mato grosso: uma boa opção de aluguel de carro
Mato Grosso: Restaurante Chapadão

Posted in AMERICA DO SUL, BRASIL, CHAPADA DOS GUIMARÃES, MATO GROSSO and tagged , , , , .
Tatiane Dias

Tatiane Dias

A cada dia me desapego mais e mais de bens materiais. A vida nos mostra que mais importante que ter é viver. Por isso, cada brecha que temos já começo a pensar em algum lugar pra ir seja no Rio ou fora dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.