Peru: City Tour em Cusco

Em nosso primeiro dia na cidade, passamos a manhã conhecendo os arredores da avenida El Sol, aproveitamos para adquirir os nossos boletos turísticos e vermos um local que parecia uma feirinha. Lá compramos algumas das lembrancinhas que trouxemos para casa.

Na parte da tarde, tínhamos a nossa primeira atividade agendada: o city tour em Cusco. O tour tem duração de meio dia e começa as 13:30. Um pouco antes desse horário o motorista da empresa com quem fechamos o passeio, passou onde estávamos hospedados para nos levar até o ponto de encontro e inicio do city tour. Lá encontramos a nossa guia e o nosso passeio teve inicio.Vamos relatar aqui um pouco do que vimos e no fim damos uma dica para quem quiser aproveitar melhor os seus dias pela cidade, já que a gente reparou num pequeno probleminha que ocorre com a maioria das agências no city tour.

La Catedral
A catedral, que se localiza numa posição de evidência na Plaza de Armas, foi erguida bem no lugar do antigo pálacio de Viracocha com pedras retiradas do sitio inca de Saqsaywaman. Sua construção começou em 1559 e levou quase um século para ser finalizada.

City_Tour_Cusco_Peru-4

City_Tour_Cusco_Peru

Essa catedral é um dos grandes espaço onde estão guardadas a arte colonial da cidade, especialmente de obras de escuela cuzqueña. escuela cuzqueña é conhecida pela combinação da pintura sacra europeia do século 17 com as cores e iconografias de artistas indígenas andinos. Nessa combinação são misturadas características de arte europeia com crenças indígenas, algo que pudemos ver no quadro da Virgem Maria retratada vestindo uma saia em formato cônico com um rio correndo em volta da bainha, o que identifica com Pachamama.

Com o grupo que estávamos andamos bastante pelos espaços da catedral, apreciando muitas de suas obras, mas não foi possível ver tudo no pouco tempo que passamos lá. Achamos que o ideial é ir sozinho para poder ficar o tempo que quiser admirando as obras. A catedral conta um um sistema de visita autoguiada que pode ajudar os turistas a explorar o espaço sem a ajuda de um guia.

City_Tour_Cusco_Peru-3

City_Tour_Cusco_Peru-5

Qorikancha
Depois da Catedral, seguimos andando pelas ruas de Cusco até chegarmos em um dos lugares que mais nos encantou por fora, antes mesmo de entrarmos: Qorikancha.

Qorikancha foi o templo mais rico do império inca, mas hoje só podemos apreciar o belo trabalho feito com as pedra.

City_Tour_Cusco_Peru-10

De acordo com a nossa guia. na era inca, o Qorikancha – Templo Dourado – era literalmente coberto de ouro. As paredes do templo eram revestidas com cerca de 700 placas de ouro maciço, cada uma pesando aproximadamente 2 kg. Também havia réplicas em tamanho natural de espigas de milho de ouro e prata – que eram simbolicamente plantadas em rituais agrícolas. Além de outros tesouros de ouro maciço, como altares, lhamas e bebês, assim como uma réplica do sol. Tudo isso foi perdido depois da chegada dos conquistadores que saquearam o templo e derreteram todo o tesouro.

City_Tour_Cusco_Peru-7

Ao entrarmos no que ainda resta do Qorikancha podemos ver um pátio com uma fonte octogonal ao centro. Além das diversas câmaras incas que há ao redor do pátio. Acredita-se que as maiores eram templos revestidos com placas de prata maciça dedicados à lua e às estrelas.

O que mais nos impressionou nessa visita foi perceber como aquelas construções de pedras eram tão perfeitas, ao ponto da gente não saber onde ela começava ou terminava.

City_Tour_Cusco_Peru-6

City_Tour_Cusco_Peru-9

Mais uma vez, eu diria que a passagem por esse templo teve menos tempo do que gostaríamos. Por ele ser bem perto da Plaza de Armas é mais um atração que pode ser visitada independentemente. Apesar disso, eu sentiria a falta de um guia nessa atração.

Aluguel de carro

Saqsaywaman
Ao finalizarmos nosso tour pelo Qorikancha, saímos do templo em direção ao jardim a sua frente. Lá encontramos com um ônibus da agência, que nos levaria as próximas ruínas inclusas no tour. Por elas, serem mais distante, foi necessário um novo meio de transporte, além de nossas pernas.

City_Tour_Cusco_Peru-11

City_Tour_Cusco_Peru-12

City_Tour_Cusco_Peru-13

Saqsaywaman é a uma imensa ruína de importância religiosa e militar e é considerada a mais espetacular nos arredores de Cusco. Seu tamanho é incrivelmente grande e de acordo com a nossa guia ele representa apenas 20% do seu tamanho original. Muito do local foi derrubado pelos espanhóis para construir casas em Cusco. Eles deixaram apenas as pedras maiores e mais impressionantes.

City_Tour_Cusco_Peru-15

City_Tour_Cusco_Peru-17

City_Tour_Cusco_Peru-14

O sítio é composto por três áreas diferentes. De uma maneira geral, diz-se que as mais notáveis são as magnificas fortificações de três camadas em ziguezague, mas cada um tem a sua opinião, não é mesmo?” Para se ter uma ideia do tamanho das pedras, algumas delas chegam a pesar 300 toneladas ou mais.

City_Tour_Cusco_Peru-16

Durante nosso tour em Cusco ficamos sabendo que a cidade foi planejada para ter o formato de Puma e que Sacsayhuamán é a cabeça com os 22 muros em ziguezague sendo os dentes. Além dessas características, os muros também eram um mecanismo defensivo extremamente eficaz.

É em Sacsayhuamán que ocorre o famoso espetáculo turístico do Inti Raymi, realizado todo dia 24 de junho.

Q’enqo
Depois de ficarmos impressionados com as ruínas de Sacsayhuamán seguimos em direção a ruínas menores, mas que continuaram a nos impressionar. A parada seguinte foi em Q’enqo, que significa “ziguezague”.

City_Tour_Cusco_Peru-18

City_Tour_Cusco_Peru-19

A área de Q’enqo é composta basicamente por uma grande rocha calcária. Ela é repleta de degraus e extraordinárias esculturas simbólicas, incluindo as canaletas em ziguezague. A partir de seu topo é possível ver uma plataforma usada em cerimônias. Algumas pessoas conseguem ver as representações de uma puma, um condor e uma lhama.

City_Tour_Cusco_Peru-23

City_Tour_Cusco_Peru-20

Já na parte de baixo, é possível explorar a caverna com altares escavados na rocha. Essa foi a parte que mais gostamos dessa ruína.

City_Tour_Cusco_Peru-21

City_Tour_Cusco_Peru-22

Tambomachay
Tambomachay é uma pedra cerimonial moldada para ser banhada por água cristalina canalizada de fontes que funcionam até hoje. Os guias do local contaram que a pedra é popularmente conhecida como El Baño del Inca e suas teorias a conectam a um culto inca da água.

City_Tour_Cusco_Peru-25

Quando chegamos a Tambomachay, após sairmos de Q’enqo o sol já estava quase nos deixando, então, passamos pouco tempo no local e já quase sem luz. Acreditamos que visitar o local com a luz do dia mais forte deve ser muito mais impactante e bonito.

City_Tour_Cusco_Peru-27

City_Tour_Cusco_Peru-26

Pukapukara
Bem próximo a Tambomachay se encontra a ruína de Pukapukara. Pukapukara é uma imponente estrutura que tem vista para o Vale de Cuzco.

City_Tour_Cusco_Peru-28

Durante nossas pesquisas, lemos que conforme a luminosidade do dia, a rocha parece ter a cor rosada, por isso o seu nome significa”Forte Vermelho”.

City_Tour_Cusco_Peru-24

De acordo com a nossa guia o mais provável é que o forte tenha sido um pavilhão de caça, um posto de guarda e um ponto de parada para viajantes. Ele é composto de algumas câmaras residenciais e de armazenamento no nível inferior e uma esplanada superior com vistas panorâmica.

City_Tour_Cusco_Peru-29

Quando chegamos a ruína de Pukapukara já não havia nenhuma luz, a noite já tinha caído e o local não conta com iluminação, então, não pudemos apreciar muito bem os detalhes da ruína.

Depois dessa experiência em Cusco, com esse city tour que incluía paradas que não foram devidamente aproveitadas começamos a nos preocupar um pouco mais com que agência fechamos nossos passeios. No caso do city tour em Cusco, descobrimos que é uma pratica comum todas as agências fazerem esse passeio no mesmo horário, ou seja, os locais estão sempre cheios e quase todas as agências não conseguem fazer a parada a Pukapukara com luz.

Então, a nossa dica é tentar fazer um city tour privado. Assim você pode começar mais cedo ou apenas fazer as ruínas mais distante com o tour privado: Saqsaywaman, Q’enqo, Tambomachay e Pukapukara e visitar a Catedral e Qorikancha por sua conta já que é bem perto da Plaza de Armas. Pode ser que isso saia mais caro, mas você aproveitará melhor as atrações e não sairá de lá com a sensação que precisa voltar como nós sentimos.

Que tal seguir a gente no Instagram tem muitas fotos rolando por lá!

Dados Financeiros:
Boleto Turístico: S/. 130 por pessoa – Usamos nas atrações: Saqsaywaman, Q’enqo, Tambomachay e Pukapukara
Entrada na Catedral: S/. 25 por pessoa
Entrada no Templo Qorikancha: S/. 10 por pessoa
Valor do tour com a agência: US$ 16 por pessoa

Viagem realizada em Agosto de 2014.

LEIA MAIS:
Peru: Cuzco, a capital arqueológica das Américas
Peru: Cusco – Review – Los Aticos B&B
Peru: Cusco – Justina Pizza

Posted in AMERICA DO SUL, CULTURAL, CUSCO, PERU and tagged , , , , , , , , , , , .
Tatiane Dias

Tatiane Dias

A cada dia me desapego mais e mais de bens materiais. A vida nos mostra que mais importante que ter é viver. Por isso, cada brecha que temos já começo a pensar em algum lugar pra ir seja no Rio ou fora dele.

5 Comments

  1. Todos visitas lindas e obrigatórias né? Eu visitei a catedral e Qorikancha em uma tarde (junto com o mercado de San Pedro e um mirante da cidade) e os outros no dia seguinte, pela manhã. Comprei um pacote aqui no Brasil mesmo e era operado pela Viajes Pacifico no Peru.

  2. Por favor. Estou indo na próxima semana. Você informa que o tour custa 16 dólares por pessoa. Eles aceitam apenas dólares (dinheiro vivo) ou a gente pode pagar com cartão de crédito? É que estou levando poucos dólares mesmo… Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *