Porto de Galinhas: atrações do Cabo de Santo Agostinho

Cabo de Santo Agostinho é um município de Pernambuco que é possível conhecer a partir de Porto de Galinhas, como foi o nosso caso, ou a partir de Recife. O município conta com nove praias sendo as mais famosas: as praias de Gaibú, Calhetas e Paraíso. Nós não conseguimos conhecer todas as praias do local. Acreditamos que para isso é necessário passar mais de um dia explorando a região. Mas conseguimos aproveitar muito o nosso dia com o roteiro montado pela Porto de Galinhas 360º

Assim como outros passeios, nós fechamos nossa ida ao Cabo de Santo Agostinho com o Alex Andrada, da Porto de Galinhas 360º e de nenhuma maneira nos arrependemos dessa opção. Neste dia o passeio foi feito de buggy com o Marcelo, com quem já tínhamos feito o passeio conhecido como Buggy de Ponta a Ponta, mas também é possível ir até o Cabo de Santo Agostinho em um carro fechado. Anteriormente, ir de buggy era mais interessante do que de carro fechado devido ao fato de que o Mirante do Forte Castelo do Mar só era acessível com o buggy. Entretanto, atualmente, as estradas não estão em boas condições nem para a chegada ao local com o buggy. Portanto, não há mais diferença em relação ao veículo escolhido.

Vamos ao passeio?!

Assim como os demais passeios, nossa saída foi as 8:30 da Pousada Jangada, onde estávamos hospedados. Como sempre o Marcelo estava no local pontualmente.

Durante o nosso trajeto em direção primeira parada, o Marcelo nos contou a primeira curiosidade do passeio. Segundo ele há uma história não oficial em relação ao Cabo de Santo Agostinho. De acordo essa história, o Cabo de Santo Agostinho teria sido o local de desembarque do navegador espanhol Vincente Yanéz Pinzón pela primeira vez no Brasil, em janeiro de 1500. Isso antes da descoberta oficial do Brasil pela esquadra de Pedro Álvares de Cabral na Bahia.

Primeira Parada: Banho de Argila
Depois de quase 1 hora no buggy, que não foi nenhum um pouco entediante porque fomos conversando muito com o Marcelo, chegamos em Itapuamã para o famoso banho de argila medicinal. Nós demos a sorte de termos o local só para nós pois quando chegamos estava saindo uma van com vários japoneses que já tinha aproveitado o local.

Cabo_de_Santo_Agostinho-5

Banho de Argila

O banho de argila funciona da seguinte maneira, você entra no lago de argila medicinal e retira a argila da parte mais funda que conseguir, nos instruíram a pegar com o pé. Aí, você passa um boa camada pelo corpo e saí da água para secar. Acho que leva uns 20 minutos para a argila começar a secar. Então, com a argila seca você começa a esfregar um pouco a pele com as mãos para fazer uma leve esfoliação. Você pode iniciar no lado de fora do lago e depois voltar para ele. Dessa forma a água auxilia na retirada na argila.

Cabo_de_Santo_Agostinho-6

Cabo_de_Santo_Agostinho

Por fim, você deve tomar um banho de água doce o que não vai garantir que a sua pele não vai ficar acinzentada pelo restante do passeio. A nossa pele só ficou normal depois do banho de mar na última da parada do passeio inteiro.

Cabo_de_Santo_Agostinho-7

O local do banho de Argila em Itapuamã conta com uma lojinha para você adquirir mais itens de argila e continuar o tratamento de pele em casa.

Cabo_de_Santo_Agostinho-3

Segunda Parada: Praia de Pedra do Xaréu
Do banho de argila até a Praia de Pedra do Xaréu levamos pouquíssimo tempo, acredito que uns 30 minutos.

Cabo_de_Santo_Agostinho-8

Assim como em todas as outras paradas o Marcelo disse que poderíamos passar o tempo que quiséssemos no local que contava com uma pequena estrutura de barracas. Então, podíamos sentar, comer e beber e tomar um banho de mar. Mas como não achamos a praia tão impactante, nós gastamos o nosso tempo por ali apenas batendo fotos.

Cabo_de_Santo_Agostinho-11

Pelo que percebemos a praia é mais frequentada pelos moradores da região. Quando eu percebi que a minha pele estava começando a esbranquiçar por causa da argila até pensei em tomar um banho de mar para ver se melhorava, mas mesmo a água quentinha não me animou e acabamos logo seguindo o passeio em direção a parada seguinte.

Terceira Parada: Mirante
Essa parada foi bastante rápida. Na verdade, foi o tempo suficiente para as fotos e vermos a extensão das praias do município do Cabo de Santo Agostinho.

Cabo_de_Santo_Agostinho-12

Cabo_de_Santo_Agostinho-13

Quarta Parada: Enseada do Corais e Gaibú
A Enseado dos Corais é também uma praia mais frequentada por moradores, mas é, na nossa opinião, mais bonita do que a da Pedra do Xaréu. Como na semana em que estivemos em Pernambuco a maré estava bastante baixa, pudemos ver várias piscinas naturais que se formavam entre os corais.

Cabo_de_Santo_Agostinho-15

Cabo_de_Santo_Agostinho-18

Nós aproveitamos o local e tomamos nosso primeiro banho de mar do dia com a água quentinha do nordeste para podermos continuar o passeio.

Cabo_de_Santo_Agostinho-17

Quinta Parada: Mirante do Paraíso
Essa foi mais uma parada apenas para fotografarmos as belezas de Pernambuco vista de cima.

Cabo_de_Santo_Agostinho-19

Cabo_de_Santo_Agostinho-20

Dali vimos diversas praias e um pedaço da cidade de Recife.

Cabo_de_Santo_Agostinho-22

Cabo_de_Santo_Agostinho-21

Sexta Parada: Vila de Nazaré.
Depois de muitas paradas que nos proporcionaram bons momentos relacionados a natureza seja apenas com sua apreciação a partir dos mirantes ou seja pelo contato direto com a areia e banhos de mar, chegou o momento de uma pequena parada cultural.

Cabo_de_Santo_Agostinho-31

Cabo_de_Santo_Agostinho-28

A Vila de Nazaré é uma das vilas mais antigas da região. Sua fundação data do ano de 1597 com várias ruínas ainda preservadas. Na vila o grande atrativo é a Igreja de Nossa Senhora de Nazaré, que foi construída pelos portugueses no século 16 e passou por ampliações em 1679 e 1872, quando se delineou o formato que tem atualmente.

Cabo_de_Santo_Agostinho-30

Cabo_de_Santo_Agostinho-29

Nós pudemos conhecer a igreja por dentro e também as ruínas muito bem-conservadas do antigo Convento Carmelita, do século 17. Segundo o nosso guia, nesse local atualmente reside uma pequena comunidade de frades.

Cabo_de_Santo_Agostinho-24

Cabo_de_Santo_Agostinho-26

Sétima Parada: Praia de Calhetas
A Praia de Calhetas foi o local onde passamos mais tempo em todo o passeio. Mas antes de chegarmos na praia efetivamente tivemos um momento de pequena aventura.

Cabo_de_Santo_Agostinho-39

Assim que chegamos na estrada que leva até a Praia de Calhetas, ficamos encantados com a beleza da Praia. Sua faixa de areia é pequena com algumas pedras que fazem parecer que a praia é mais reservada e com um pequeno restaurante no estilo pé na areia que adoramos.

Mas antes de chegarmos até lá, não podíamos perder a oportunidade de alguns minutos de leve adrenalina.

Cabo_de_Santo_Agostinho-36

Cabo_de_Santo_Agostinho-38

Então, antes de irmos nos deliciar na Praia resolvemos fazer a descida de tirolesa. A descida foi bem tranquila, não teve aquela frio na barriga exagerado. Foi apenas uma descida com paisagem muito bonita. Eu desci apenas uma vez e o Bruno desceu duas. Nós ainda podíamos ter descido direto de tirolesa até a praia, nesse caso é necessário ter alguém para levar as suas coisas até a praia, mas nós optamos de irmos de buggy com o Marcelo.

Cabo_de_Santo_Agostinho-32

A Praia de Calhetas não lembra o formato de coração?

Depois da tirolesa seguimos para a praia. Lá a primeira coisa que fizemos foi almoçar e depois relaxamos e tomamos um último banho de mar na faixa de areia da praia.

Cabo_de_Santo_Agostinho-40

Nós gostamos muito de todas as paradas do passeio pelo Cabo de Santo Agostinho. Achamos que vale muito a pena tirar um dia inteiro para conhecer a região e indicamos o serviço da Porto de Galinhas 360º. Além deles conhecerem muito bem as estradas que levam as praias do município, que não são bem sinalizadas para os turistas, eles não apressam o seu passeio. É como se você estivesse com o seu carro, fazendo o passeio no seu ritmo, mas sem se preocupar com o percurso e ainda poder tomar a sua cervejinha sem se preocupar em dirigir.

Cabo_de_Santo_Agostinho-44

Cabo_de_Santo_Agostinho-45

Cabo_de_Santo_Agostinho-43

* O blog Por aí e Por aqui recebeu apoio da Porto de Galinhas 360º com tarifas diferenciadas. A parceria foi realizada, mas a opinião expressa no relato é pessoal e de acordo com a experiência proporcionada pelo trabalho da hospedagem.*

Que tal seguir a gente no Instagram tem muitas fotos rolando por lá!

Dados Financeiros:
Tirolesa:R$ 20,00 1 descida; R$ 25,00 duas descidas
Almoço: R$ 128,18
Petiscos e bebidas na enseada dos Corais: R$ 12,00

Viagem realizada em Setembro de 2015.

LEIA MAIS:
Porto de Galinhas: Ilha de Santo Aleixo
Porto de Galinhas: Praia de Carneiros
Porto de Galinhas: Passeio de Buggy – Ponta a Ponta

Posted in AMERICA DO SUL, AVENTURA, BRASIL, CULTURAL, PERNAMBUCO, PORTO DE GALINHAS, RECIFE and tagged , , , , , , , , , , , .
Tatiane Dias

Tatiane Dias

A cada dia me desapego mais e mais de bens materiais. A vida nos mostra que mais importante que ter é viver. Por isso, cada brecha que temos já começo a pensar em algum lugar pra ir seja no Rio ou fora dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *