Fernando de Noronha: Caminhada Histórica um pouco da história da ilha

Enquanto estávamos planejando nossa viagem a Fernando de Noronha, vimos que havia um passeio conhecido como Caminhada Histórica que nos contaria um pouco mais da história da ilha. A principio, pensamos em fazê-lo porque nós somos do tipo que gostamos muito de Walk Tour’s com guias. Achamos que com o apoio de bons profissionais os lugares podem ser ainda melhor explorados.

Contudo, o passeio durava apenas 2h30min e era dado como brinde caso você fechasse mais de 2 tour’s com a mesma empresa que fez o nosso transfer do aeroporto a Pousada da Maga, onde passamos os nossos primeiros dias em Noronha.

Durante esse transfer, o rapaz da empresa disse que muitas pessoas acabavam não fazendo a caminhada histórica mesmo ela sendo cortesia porque depois de alguns dias em Noronha grande parte das pessoas já tinha passado algumas vezes pelo percurso da caminhada e acabavam visitando os locais por conta própria aos poucos, sem precisar perder uma manhã para isso.

Depois de acharmos que o passeio durava pouco e desse comentário do guia acabamos desanimando de contratar o passeio com guia e resolvemos fazer por conta própria numa manhã que estávamos sem programação.

Vamos aos nossos pontos de paradas!? Mas antes disso… Você já pensou em Noronha além de suas praias incríveis e se perguntou como ela foi descoberta?!

Em decorrência da sua posição geográfica, Fernando de Noronha foi uma das primeiras terras localizadas no Novo Mundo. Em 1503, Américo Vespúcio chegou à ilha numa expedição financiada pelo fidalgo português Fernão de Noronha, que acabou dando origem ao nome da ilha. Suas terras foram disputadas no século XVII por holandeses (que a chamaram “Pavônia”) e no século XVIII por franceses (que a rebatizaram de “Ile Delphine”).

As invasões motivaram a definitiva ocupação por Portugal, através da Capitania de Pernambuco, a partir de 1737, sendo construído o sistema defensivo com dez fortificações, o maior sistema fortificado do século XVIII no Brasil, dentre os quais a Fortaleza de Nossa Senhora dos Remédios. Hoje boa parte do sítio histórico está destruído, apenas uma está relativamente inteira: a Fortaleza de Nossa Senhora dos Remédios e a Igreja no centro.

Após um longo período, o arquipélago foi transformado em um presídio comum, para presos condenados a longas penas. Foram esses presidiários que ergueram todo o patrimônio edificado e o sistema viário que interliga vilas e fortes. Fernando de Noronha se tornou território federal em 1942 e em 1988 foi reanexado ao estado de Pernambuco.

Vila dos Remédios
A caminhada histórica oficial começa na Vila dos Remédios, nós estávamos hospedados na Floresta Nova, então, fizemos uma caminhada bem agradável até lá. Até que chegamos a nossa primeira parada, logo após a descida da ladeira: o Palácio São Miguel.

caminhada_historia_noronha

caminhada_historia_noronha-26

caminhada_historia_noronha-10

Palácio São Miguel
O Palácio São Miguel foi construído em 1947, pouco depois da ilha se transformar em base militar americana durante a segunda guerra mundial. Hoje, ele é sede administrativa da ilha e o local onde tivemos o melhor ponto para o sinal de celular. Assim como outros pontos históricos da ilha, em sua frente tem uma placa contando um pouco da história do Palácio.

caminhada_historia_noronha-2

Palácio São Miguel

Igreja de Nossa Senhora dos Remédios
Mais alguns passos, chegamos ao centrinho da Vila dos Remédios, onde está a Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, construída em 1772. No horário em que fomos a igreja estava fechada e não pudemos ver o seu interior, uma pena.

caminhada_historia_noronha-3

Igreja de Nossa Senhora dos Remédios

Memorial Noronhense Espaço Cultural Américo Vespúcio
Logo após a nossa rápida passada pela Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, ficamos um bom tempo no Memorial Noronhense Espaço Cultural Américo Vespúcio que tem como objetivo ser o guardião dos referenciais culturais e históricos de Fernando de Noronha. Eu adoro museus, então, como já tínhamos aberto mão de uma manhã de praia, ficamos ali lendo sobre a história da ilha com muita atenção sem pressa de sair.

caminhada_historia_noronha-25

caminhada_historia_noronha-9

caminhada_historia_noronha-19

caminhada_historia_noronha-5

caminhada_historia_noronha-6

caminhada_historia_noronha-8

caminhada_historia_noronha-21

caminhada_historia_noronha-7

Forte de Nossa Senhora dos Remédios
Quando encerramos nossa parada no Memorial, seguimos para a trilha do Forte de Nossa Senhora dos Remédios, mas não sem antes pararmos um pouco nas ruínas dos tempos em que a ilha servia como presidio – a Aldeia dos Sentenciados.

caminhada_historia_noronha-24

A Fortaleza de Nossa Senhora dos Remédios tem sua construção datada de 1937. O que antigamente era um ponto estratégico para o forte hoje é uma paisagem de deixar qualquer um de queixo caído.

caminhada_historia_noronha-13

caminhada_historia_noronha-14

caminhada_historia_noronha-15

Nós podemos dizer que a fortaleza é ponto muito bem conservado dentre as demais ruínas que existem na ilha. Não sei se é porque ele é um lugar muito procurado para assistir o pôr do sol ou se é porque ele é ainda é usado pelo pessoal do ICMBio para cuidados na ilha. Enquanto estivemos lá, tinha um rapaz do ICMBio o tempo todo olhando o mar com um binóculos e um rádio.

caminhada_historia_noronha-4

caminhada_historia_noronha-11

caminhada_historia_noronha-23

caminhada_historia_noronha-12

Nós ficamos no forte por muito tempo apreciando a belissíma paisagem que ele nos proporciona.

caminhada_historia_noronha-17

caminhada_historia_noronha-18

Não podemos fazer uma comparação entre a Caminhada Histórica com um guia e a caminhada independente. Mas podemos dizer que por conta própria nós gastamos mais do as 2h30min prevista pela agência, possivelmente, porque ficamos muito tempo no Memorial e no Forte de Nossa Senhora dos Remédios. Também podemos dizer que na entrada de cada uma das paradas havia uma placa que contava um pouco da história da parada, então, achamos que esses pontos históricos são muito bem planejados para serem visitados de forma independente e apesar de gostarmos de passeios com guias, ficamos satisfeitos com a caminhada feita de forma independente.

Se vocês tiverem interesse, nós ainda demos um passada na trilha da praia do Cachorro, Meio e Conceição. No Praia do Cachorro há alguns sítios históricos como o Forte Sant’Anna e a bica do Cachorro. Não tão bem preservadas como o Forte de Nossa Senhora dos Remédios, mas que também chamam atenção. Em um outro dia visitamos o Museu do Tubarão que conta um pouco mais sobre esse animal que se encontra com muita facilidade na ilha e suas diferentes especies. E subimos a até a famosa Capela de São Pedro, sonho de consumo de algumas noivas.

Ilha Tour - Noronha-3

Ilha Tour - Noronha

Não pudemos ver como ela é por dentro, pois estava fechada, mas entendemos o desejo de casar ali. A vista do alto do morro onde se encontra a capela é belíssimo, nós ficamos lá por um bom tempo. Pretendíamos ver o pôr do sol de lá, mas as nuvens acabaram não permitindo.

caminhada_historia_noronha

Como vocês podem ver, Noronha não é apenas praia, apesar de ter as mais belas do Brasil.

 Que tal seguir a gente no Instagram tem muitas fotos rolando por lá!

Dados Financeiros:
Gratuito

Viagem realizada em Setembro de 2015.

LEIA MAIS:
Fernando de Noronha: Passeio de Barco com o Trovão dos Mares
Fernando de Noronha: Ilha Tour Privativo
Fernando de Noronha: Trilha Longa do Atalaia

Posted in AMERICA DO SUL, BRASIL, CULTURAL, FERNANDO DE NORONHA, PERNAMBUCO and tagged , , , , , , , , , , , , , , , .
Tatiane Dias

Tatiane Dias

A cada dia me desapego mais e mais de bens materiais. A vida nos mostra que mais importante que ter é viver. Por isso, cada brecha que temos já começo a pensar em algum lugar pra ir seja no Rio ou fora dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *